Prêmio Sexy Hot celebra a 6ª edição com o tema “Prazer em todos os Sentidos”.

Compartilhe
Tempo de leitura: 4 minutos

Com recorde de votos, o Sexy Hot, celebrou os vencedores das 17 categorias do Prêmio Sexy Hot, nesta terça-feira (6).

O renomado casal pornô, DreadHot e Alemão foram os grandes vencedores da noite. Revelação do Ano LGBT em 2018, esse ano DreadHot venceu em duas categorias: “Melhor Cena de Sexo Oral”, em parceria com Alemão (marido) e “Melhor Atriz Hétero”.

Confira os vencedores!

Com recorde de votos, o Sexy Hot, maior canal adulto do país, celebrou os vencedores das 17 categorias do Prêmio Sexy Hot, o Oscar do pornô brasileiro, que teve a sua 6ª edição realizada na noite desta terça-feira (6), em São Paulo. Entre as novidades deste ano tivemos: a escritora, comediante e atriz, Natália Klein, sendo a primeira mulher a comandar a apresentação do Prêmio Sexy Hot, a interação divertida do ator e humorista Paulinho Serra com a apresentadora durante a premiação e o lançamento da categoria Melhor Filme Sexy Hot Produções.

A primeira etapa de seleção da nova categoria foi exclusiva para os assinantes do Sexy Hot. Após o crivo feito pelos consumidores no site do canal, os três filmes mais votados foram para voto popular. O público então escolheu o filme “App”, do diretor Paul Wild, estrelado pelas atrizes Sandy Cortez e Safira Prado, como o grande vencedor da noite. Vale ressaltar que, em 2018, o Sexy Hot exibiu 36 filmes próprios e exclusivos do selo Sexy Hot Produções. 

O renomado casal pornô, DreadHot e Alemão foram os grandes vencedores da noite. Revelação do Ano LGBT em 2018, esse ano DreadHot venceu em duas categorias: “Melhor Cena de Sexo Oral”, em parceria com Alemão (marido) e “Melhor Atriz Hétero”. Já Alemão, levou para casa mais um prêmio individual na categoria “Revelação do Ano Hétero”. Ambos foram premiados pelos destaques no filme “Sugar Baby”.

“Como começamos no pornô juntos, o troféu veio para celebrar o nosso trabalho. Comecei a curtir mesmo o oral depois que conheci o Alemão, antes eu não curtia muito. Estou muito feliz com esse prêmio”, explica DreadHot.

De acordo com Alemão, trabalhar com sua esposa é especial. “A DreadHot é maravilhosa. Estamos muito emocionados, porque é a consagração do nosso trabalho”, comenta Alemão.

A premiada atriz Elisa Sanches também foi destaque na noite. A atriz levou para casa duas estatuetas em “Melhor Cena de Orgia/GangBang” e “Melhor Cena de Sexo Anal”. A atriz Patricia Kimberly foi bicampeã na categoria “Melhor Atriz Homo Feminina”, e se mantém no topo como a maior vencedora de todas as edições do prêmio, com 11 troféus.

Entre os atores estrelados da noite, Paulo Loupan, Alemão e Vinny Burgos foram os grandes vencedores. Os três foram premiados em duas categorias cada.

A paródia da renomada série La Casa de Papel, do diretor Fábio Silva foi a grande vencedora da categoria “Melhor Filme Hétero”. Na história adaptada para o mundo pornô, um grupo invade a casa da protagonista e tenta roubar um objeto valioso, mas o plano não sai como planejado e eles acabam quebrando as regras estabelecidas pelo professor, assim como na série original.

Na premiação desse ano, o Sexy Hot recebeu inscrições suficientes para voltar com as categorias Melhor Atriz Transexual e Melhor Cena Transexual. Além dessas duas categorias, das 17 premiadas, outras três abordaram a temática LGBT: Melhor Atriz Homo, Revelação do Ano LGBT e Melhor Cena Homo Feminina.

Pelo tapete vermelho, passaram celebridades como Valesca Popozuda, Antônia Fontenelle, Mauricio Meirelles, MC Carol, Marcos Chiesa, e as drags queens, Aretuza Lovi e Tchaka.

“O objetivo do prêmio, neste ano, foi explorar todos os sentidos. Para comemorar a sexta edição, que a cada ano vem sendo um sucesso de votos populares e nas redes sociais, escolhemos um tema, que se abre em cinco: os sentidos – visão, audição, tato, paladar e olfato. E nada melhor que o sexo para aproveitar todos esses sentidos”, explica o diretor do Grupo Playboy do Brasil, Mauricio Paletta.

A 6ª edição do Prêmio Sexy Hot foi transmitida ao vivo pelo canal do Sexy Hot no Youtube. Se você perdeu a transmissão, assista na íntegra em www.youtube.com/soparamaiores.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores das 17 categorias:


• MELHOR ATRIZ HOMO

PATRICIA KIMBERLY
FILME: AMARRADAS E DOMINADAS
SELO: FETISHBOXXX

• MELHOR CENA DE FETICHE

AMANDA SOUZA E LOUPAN
FILME: TRAIÇÕES E FETICHES

SELO: HARDBRAZIL

• MELHOR CENA DE SEXO ORAL

DREADHOT E ALEMÃO
FILME: SUGAR BABY
SELO: XPLASTIC

• MELHOR CENA DE MÉNAGE

CAROLINA CARIOCA, VINNY BURGOS E JACK KALLAHARI
FILME: BOAS ENTRADAS
SELO: REDFIRE

• MELHOR ATRIZ HETERO

DREADHOT
FILME: SUGAR BABY
SELO: XPLASTIC

• MELHOR CENA DE DUPLA PENETRAÇÃO

MIRELLA MANSUR, NEGO CATRA E TONY TIGRÃO
FILME: PROMESSA É DÍVIDA
SELO: HARDBRAZIL

• MELHOR DIRETOR

FABIO SILVA
FILME: LA CASA DE RAQUEL

SELO: HARDBRAZIL

• REVELAÇÃO DO ANO HETERO

ALEMÃO
FILME: SUGAR BABY

SELO: XPLASTIC

• MELHOR ATRIZ TRANSEXUAL

CARLA NOVAES
FILME: TROCANDO O ÓLEO
SELO: VÍDEOS MADE IN BRAZIL

• MELHOR CENA DE ORGIA/GANG BANG

ELISA SANCHES, GIOVANA BOMBOM, SUZY ANDERSON, INDYARA DOURADO, EDUARDO LIMA, FRED SALAZAR, JACK KALLAHARI E FELIPE COSTA
FILME: RESENHA DO BRAD
SELO: BRAD MONTANA

• MELHOR CENA DE SEXO ANAL

ELISA SANCHES, EDUARDO LIMA E VINNY BURGOS
FILME: ELISA, CAMPEÃ ANAL
SELO: BRAD MONTANA

• REVELAÇÃO DO ANO LGBT

VICTORIA NEVES
FILME: ESCRAVINHA T

SELO: TSRAW

• MELHOR ATOR HÉTERO

LOUPAN
FILME: MASSAGEM EXCITANTE

SELO: SEXFOXXX

• MELHOR CENA HOMO FEMININA

SUGAR BABY
DIRETOR: ROY LP
SELO: XPLASTIC

• MELHOR CENA TRANSEXUAL

TROCANDO O ÓLEO
DIRETOR: ANDRÉ GARCIA
VÍDEOS MADE IN BRAZIL

• MELHOR FILME HETERO:

LA CASA DE RAQUEL
DIRETOR: FABIO SILVA
SELO: HARDBRAZIL

• MELHOR FILME SEXY HOT PRODUÇÕES

APP
DIRETOR: PAUL WILD
SELO: WS PRODUÇÕES

avatar
  Subscribe  
Notify of